El TAU golpea de nuevo

Maio 31, 2008

Barcelona 74 TAU Cerâmica 78

Aí vão dois secos. Começa a ser muito difícil acreditar num título blaugrana em Espanha. Os catalães voltaram a perder em casa com o TAU, num jogo onde os 20 pontos de Pete Mickeal e os 17 de Rakocevic fizeram a diferença. O turco Ilyasova, com 15pts e 10 ressaltos, voltou a ser o melhor do Barcelona. O jogo foi integralmente comandado pelo TAU , que aguentou a pressão catalã nos últimos minutos e conseguiu assim um triunfo bastante importante.

O vídeo do encontro em ACBTV

Terça feira há terceiro jogo, agora em Vitória

Anúncios

Oportunidade e voto de confiança

Maio 31, 2008

microCom comentários de Carlos Portugal (o senhor seleccionador nacional) e Rogério Graça foi transmitido na SPORTTV2 o Jogo 3 da Final de 2008 da Proliga. A equipa da Física BES Leasing venceu o Vitória M. Couto Alves por 96-79. Como o vencedor do jogo estava encontrado, face à vantagem amealhada pela equipa de Torres Vedras, os treinadores fizeram algumas substituições e puseram em campo jogadores que raramente entram.

E eis que quando faltavam 34 segundos para terminar o jogo, José Tavares coloca em campo António Joaquim. Os comentadores dizem que acham bem que os treinadores dêem oportunidades aos jogadores menos utilizados para mostrarem o seu valor, e que até é um voto de confiança para esses mesmos jogadores.

Ora…sem querer criticar as opções dos treinadores ou o valor dos jogadores, ainda estou a tentar entender as palavras de Carlos Portugal (o senhor seleccionador nacional) e Rogério Graça. Oportunidade a 30 segundos do fim? Voto de confiança?

Sem dúvida que os jogadores menos utilizados no jogo têm um papel muito importante ao longo da semana de trabalho, e mesmo durante o jogo podem contribuir de diversas formas para o triunfo da equipa, mesmo que não sejam utilizados. Podem até ser jogadores com boa margem de progressão e capacidade para no futuro terem algum destaque na modalidade. Mas será que o treinador que trabalha diariamente com a equipa não conhece o valor dos seus jogadores? É naqueles 34 segundos que o jogador vai mostrar mais do que na semana de treinos?

Oportunidade? Voto de confiança? Só se for a que a SPORTTV está a dar… 


Shawn Kemp – amar o jogo

Maio 31, 2008

S.Kemp

Andava a passear pela net quando no site da Bounce Magazine encontrei uma notícia que, não nego, me deixou contente: Shawn Kemp (que com Gary Payton formou uma das minhas duplas preferidas de toos os tempos) voltou a jogar basket em Seattle! Não nos seus Sonics mas sim no Rip the Cut Tournament – onde também estão a participar Brandon Roy, Jamal Crawford e Spencer Hawes. Não aquele Shawn Kemp gordo e perdido nos seus tempos em Cleveland. Antes um Shawn Kemp em melhor forma física, aparentemente recuperado de todos os problemas em que se viu envolvido e que afastaram da NBA um dos jogadores mais espectaculares da década de 90.

É claro que aos 38 anos já não está capaz de afundar como nos seus tempos áureos, ou com um abafo mandar a bola para as bancadas. Mas Shawn Kemp – ‘the Reign Man’ está de volta, a fazer aquilo que gosta: jogar basquetebol.

Depois de ler esta notícia foi inevitável ir até ao Youtube relembrar os alley-oops com Gary Payton, os saltos impossíveis, o poder dos afundanços…enfim, Shawn Kemp!!

“Ah man, I play ball in all kind of tournaments across the United States, from New York to Hawaii. I play basketball every week bro.” – Shawn Kemp


“El TAU golpea primero” Final ACB

Maio 30, 2008

Barcelona 64 TAU Cerâmica 75

Os 21 pontos de Tiago Splitter conduziram o TAU Cerâmica a uma vitória esta noite em Barcelona no primeiro jogo da final da ACB. Com um segundo período verdadeiramente demolidor e vencendo o duelo das tabelas (29-37 em ressaltos), os visitantes estiverem sempre no controlo da partida, chegando inclusivamente a conseguir vantagens próximas dos 20 pontos de diferença. Nos catalães, o turco Ilyasova, também com 21 pontos e Grimau com 17, não conseguiram evitar uma derrota caseira que poderá deixar marcas.

O resumo do jogo aqui

Sábado às 19h, jogo 2 novamente em Barcelona


Mestre Aito diz adeus

Maio 29, 2008

Aito Garcia Reneses abandonou o comando do DKV Joventut. O treinador que voltou a colocar a Penya no topo do basquetebol espanhol decidiu terminar a ligação – que já ia em 5 anos – com o seu clube. Sai em alta, numa época em que venceu a ULEB Cup e a Copa del Rey.

Numa época de grande sucesso para o DKV Joventut, Aito G. Reneses foi por diversas vezes apontado como um dos grandes responsáveis pelos êxitos alcançados. Agora dá o lugar ao seu adjunto ‘Sito’ Alonso, ele que o ano passado esteve em Portugal para participar como prelector no III Clinic T. Lima. Ao jovem treinador ‘Sito’ Alonso (32 anos) cabe a função de comandar uma equipa onde abunda juventude, e que se pode ver privada da sua grande estrela: Rudy Fernandez. 

Quanto a Aito G. Reneses, os meios de comunicação social no país vizinho já o apontam para suceder a Pepu Hernandez no comando da selecção nacional espanhola. Ultimamente têm circulado notícias de que Pepu pode estar de saída da Federação Espanhola de Basquetebol (FEB) por desentendimentos com os directores, provocados entre outros por ter faltado a uma reunião de trabalho. No entanto, Aito G. Reneses nega que esteja em negociações com a FEB.


Black Mamba e outras cobras

Maio 28, 2008

Kobe Bryant juntou-se à famosa equipa do Jackass para mais um anúncio publicitário da Nike. Depois do carro, agora foi a vez de saltar por cima de uma piscina…

Aos jornalistas, que tal como a maioria não acreditam que Kobe saltou mesmo por cima da piscina, o 24 dos Lakers confirmou que salto é verídico, e que a única ajuda que teve foi dos seus Nike HyperDunk.

PS – Para quem tem a alcunha de Black Mamba, Kobe parecia estar a afastar-se um bocadinho das suas ‘amigas’ cobras…


A Final da ACB

Maio 27, 2008

Estão encontrados os finalistas do Playoff 2008 da ACB: AXA F.C.Barcelona e TAU Ceramica!

O AXA F.C.Barcelona desiludiu durante a Fase Regular, não mostrando o poderio e a qualidade lhe tinha sido atribuída no início do ano, tendo demorado a encontrar respostas para a saída de um jogador tão fundamental como era Juan C. Navarro. No entanto, chegam a estes Playoff no melhor momento de forma da época, e alguns dos jogadores mais apagados durante a Fase Regular têm aparecido em grande nível, como são os casos do norte-americano Alex Acker e do turco Ersan Ilyasova – depois da passagem pela NBA, demorava em mostrar as capacidades que fazem dele uma das maiores esperanças do basquetebol europeu. Quem tem mantido o, elevado, nível tem sido o base esloveno Jaka Lakovic, um dos maiores responsáveis pelo sucesso do Barcelona na fase decisiva da prova. Os contributos de Pepe Sanchez (recuperado da lesão que o afastou das meias-finais), Roger Grimau, Gianluca Basile, Jordi Trias ou Fran Vázquez fazem deste Barça uma das equipas com mais soluções na ACB.

Assim, os de Barcelona eliminaram na primeira ronda a equipa do Iurbentia Bilbao Basket, para nas Meias-Finais derrotarem os seus rivais do DKV Joventut. A equipa de Badalona acabou por acusar o desgaste de uma época na qual conseguiram conquistar dois títulos – Copa del Rey e ULEB Cup – e comprovaram que não chegaram aos Playoff no melhor momento de forma. Aliado ao desgaste físico dos seus principais jogadores, está também a falta de experiência de alguns jogadores. No entanto, o DKV Joventut fez uma grande época e para os lados da Penya os adeptos só podem estar orgulhosos com o que conseguiram este ano. Na Meia-Final dos Playoff, o maior número de soluções individuais do AXA F.C. Barcelona e também a maior frescura física dos seus jogadores acabou por ditar a eliminação do DKV Joventut e a passagem do Barça à Final da ACB. O Barcelona repete, assim, a presença na Final.

O TAU Ceramica, um dos crónicos candidatos ao título, tenta pela terceira vez esta época conquistar um título: na final da Copa del Rey perdeu (80-82) para o DKV Joventut e na Final Four da Euroliga foi eliminado pelo campeão CSKA Moscovo. A época tem sido positiva, mas o TAU Ceramica arrisca-se a não vencer nenhum troféu apesar da presença em três finais na mesma época. Será frustrante se tal não acontecer! Numa época em que perderam um dos seus principais jogadores, o MVP da Fase Regular de 2006/07 da ACB, Luis Scola, a equipa basca conseguiu encontrar as soluções certas  para continuar no caminho das vitórias (ou pelo menos, continuar a marcar presença em finais…) – Tiago Splitter continua a sua evolução natural e foi um dos jogadores mais dominantes em Espanha, e as contratações dos norte-americanos Will McDonald, James Singleton e Pete Mickael dão grande profundidade à equipa de Vitória. No entanto, jogadores como Igor Rakocevic, Zoran Planinic, Mirza Teletovic e Pablo Prigioni não podem ser esquecidos já que têm papel fundamental para o sucesso da equipa do TAU Ceramica.

Nestes Playoff os de Vitoria deixaram para trás o Pamesa Valencia, logo na primeira ronda, e nas Meias-Finais foi a vez do Unicaja Malaga ser eliminado. A equipa do Unicaja Malaga na primeira ronda tinha eliminado o campeão em título e vencedor da Fase Regular, Real Madrid. No entanto, perdeu de forma emocionante o jogo destas Meias-Finais disputado em Malaga, terminando assim uma época que se esperava de maior sucesso para os homens orientados por Sergio Scariolo. O TAU avança assim para a Final da ACB, chegando a esta fase da prova pela terceira vez em quatro anos. No entanto, nas duas últimas presenças em Finais acabou por sair derrotado. Na presente época, perdeu os dois jogos realizados contra a equipa catalã.