Seja bem aparecida Dona Espanha

Custou mas foi! E eis que nos jogos de eliminação directa a equipa espanhola apareceu, finalmente, a jogar de acordo com a sua qualidade. Num campeonato que não lhes estava a correr nada bem, os espanhóis demoravam em encontrar a sua forma de jogar, mas embalados por duas vitórias seguidas frente a Lituânia e Polónia, parece que encontraram o caminho certo e não deram hipóteses a uma França, até então, invicta.

Sabendo que o sucesso do jogo francês passava pelas mãos e cabeça de Tony Parker, Scariolo baseou a sua estratégia na anulação completa ao base dos San Antonio Spurs. E na verdade, o #9 francês pouco fez ao longo do jogo – 6 pontos e 3 assistências em 32 minutos – sendo exemplarmente defendido por Ricky Rubio e Raul Lopez.

Com Rudy Fernandez a marcar 3 triplos no período inicial, a Espanha conseguiu uma vantagem que jamais desperdiçou, entrando no derradeiro período com 21 pontos de vantagem. Depois, surgiu Pau Gasol com uma prestação notável – 28 pontos e 9 ressaltos, com 11/13 em lançamentos de campo – a mostrar que nos momentos decisivos tem de ser ele a aparecer e a carregar a sua equipa até à vitória final.

Vencendo por 86-66 a equipa que, até então, se apresentava como a mais forte no Eurobasket ’09, os espanhóis deixaram bem claro que quando conseguem defender bem, poucas equipas os conseguem derrotar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: